Começam as reformas da nova sede da AGRF-DAEA

Nesta quarta-feira (22/06), os comissários geral (Márcio Saito) e adjunto (Petrônio P. Lima) da AGRF-DAEA, o engº Hélio Kussaba da Secretaria Municipal de Planejamento Urbano e Habitação, as arquitetas Camila e Laís e os representantes da empresa que executará a reforma da nova sede da Agência Reguladora, Vilson e Clóvis, reuniram-se para tratar de detalhes da reforma.

A Agência terá uma entrada para o público com área para estacionamento de motos, veículo de idosos e veículo para deficientes com piso intertravado. A outra entrada será funcional, para aqueles que trabalham na Agência e o acesso será pela avenida Waldemar Alves. A área externa terá coleta de águas pluviais que será armazenada em um tanque para uso externo (limpeza e irrigação dos jardins), também irá dispor de acesso para deficientes físicos aos acessos internos do imóvel. Será instalado um sistema fotovoltaico para cogeração de energia elétrica. Todas as lâmpadas serão de LED para redução do consumo de energia e os aparelhos de ar condicionado serão do modelo inverter. 

O prazo de conclusão da reforma é de 180 dias que começaram a ser contado a partir da semana passada.

Agência Reguladora inspeciona as obras da ETA 4

Membros do Conselho Administrativo da Agência Reguladora, engenheiros da INFRA Consultoria, acompanhados dos representantes da concessionária GS Inima SAMAR inspecionaram as obras da nova Estação de Tratamento de Água, denominada ETA 4.

As obras de construção civil foram praticamente encerradas e já se encontram na fase de acabamento, os tanques da estação de tratamento já foram cheios com água tratada para testes de estanqueidade, as tubulações internas da nova estação estão sendo instaladas, infelizmente alguns equipamentos importados sofrerão atraso na entrega pelos fornecedores devido ao cenário econômico mundial e pela redução das atividades econômicas pela China devido ao recrudescimento da pandemia da Covid-19.

Nas próximas semanas, deverão ser instalados os reservatórios/tanques de produtos químicos. Segundo o engº Paulo Afonso, responsável pela execução do projeto, se a previsão de entrega dos equipamentos se concretizar em agosto, possivelmente estarão instalados até o final de outubro. Naquele mês, todas as tubulações subterrâneas já deveram estar concluídas e a pavimentação asfáltica deverá ocorrer nesse período também.

A equipe técnica da concessionária já está fazendo todo o planejamento para a fase de transição da operação, quando a fase de testes da operação deverá iniciar-se concomitantemente com a desativação gradual da ETA 2 até que a ETA 4 assuma toda a operação de tratamento de água, projetada para tratar 2000 metros cúbicos de água por hora.

pt_BRPortuguese