5 junho, 2024

No Dia do Meio Ambiente, GS Inima SAMAR anuncia o plantio de 10 mil mudas de árvores nas margens do Ribeirão Baguaçu

Ação faz parte do compromisso firmado pela concessionária após lançamento de estudo hídrico da bacia que compõe o manancial

A GS Inima SAMAR, concessionária responsável pelo abastecimento de água e esgoto de Araçatuba, anuncia, neste Dia do Meio Ambiente, celebrado em 5 de junho, o plantio de 10 mil mudas de árvores nativas nas margens do Ribeirão Baguaçu. A iniciativa pretende recuperar parte da mata ciliar do manancial, que é o principal responsável pelo abastecimento de água da cidade.

O plantio das mudas faz parte do compromisso firmado pela GS Inima SAMAR após lançamento do estudo “Segurança Hídrica no Ribeirão Baguaçu em Araçatuba (SP)”, apresentado pela concessionária, com apoio da Prefeitura Municipal de Araçatuba e da Agência Reguladora e Fiscalizadora (DAEA), em 2022.

Segundo o documento, no território de mais de 50 mil hectares em que está inserida a sub-bacia hidrográfica do Ribeirão Baguaçu, compreendida pelos municípios de Araçatuba, Bilac, Birigui e Coroados, restam apenas 4% da vegetação nativa.

“O plantio que estamos fazendo, na área próxima à captação de água da SAMAR, em Araçatuba, vai fortalecer o curso do ribeirão até a chegada na nossa estação de tratamento. Isso representa um investimento na continuidade da produção de dois milhões de litros de água por hora, o equivalente ao abastecimento de quase metade da população”, explica o diretor-técnico da GS Inima SAMAR, Eduardo Caldeira.

Ainda de acordo o estudo, 75% das Áreas de Proteção Ambiental (APPs) onde estão o Ribeirão Baguaçu e seus afluentes estão degradadas e, para repor a cobertura vegetal suprimida, será necessário o plantio de quase quatro milhões de mudas de árvores. Para agravar ainda mais, o estudo apurou a redução do volume as chuvas de 18% em 2020, se comparada à média histórica registrada entre 1984 e 2020, enquanto tem crescido a demanda pela disponibilidade de água. Em seu trajeto, desde a nascente em Bilac até a foz no Rio Tietê, em Araçatuba, o Ribeirão Baguaçu é utilizado pela agricultura e indústrias da região.

Plantio em duas etapas

O plantio das 10 mil mudas de árvores nativas será feito em duas etapas. A primeira fase já começou com o plantio de aproximadamente 5,8 mil mudas no km 531 da Rodovia Marechal Rondon, na chegada do Baguaçu à zona urbana. A segunda etapa terá início após tratativas com proprietários das áreas selecionadas pela GS Inima SAMAR.

“Tivemos algumas dificuldades, ao longo desses dois anos, para conseguir anuência dos proprietários ribeirinhos para o plantio das mudas, porém, com a conscientização sobre o projeto, estamos conseguindo avançar com essa agenda, que é cada vez mais urgente”, comenta Eduardo Caldeira.

Espécies nativas

Cerca de 25 espécies de árvores presentes no bioma da região de Araçatuba fazem parte do plantio realizado pela GS Inima SAMAR, em parceria com uma empresa especializada. Entre as árvores, estão mudas de araçá, ipês, aroeira, jacarandá-mimoso e ingá.

“Essas mudas, que serão plantadas nas áreas de preservação permanente (APPs), em pouco tempo, com o manejo adequado, estarão na altura ideal para se integrarem no ecossistema do Ribeirão Baguaçu. As árvores foram selecionadas pensando na vegetação nativa presente no entorno do manancial e terão função primordial para que o Baguaçu continue vivo”, explica o engenheiro agrônomo Marcos Santos, da empresa Miotto Reflorestamento.

Categorias

pt_BRPortuguese