AGRF visita obras na rua Victor Meirelles

O comissário geral da Agência Reguladora, Márcio Saito, visitou na manhã desta segunda-feira (6), as obras em execução na rua Victor Meirelles, no Jardim Nova Iorque para verificar a condição que se encontra o PV danificado e relatar à concessionária para programa a sua recuperação
 
A AGRF-DAEA recebeu uma ligação de um munícipe que relatou um problema que ocorreu na execução das obras. No trecho foram instaladas duas grandes sessões de aduelas para passagem de grande volume de águas pluviais quando ocorrem chuvas torrenciais, além das aduelas foram instalados paredes com o uso de gabiões na entrada e saída das sessões além de caixas de drenagem com as respectivas bocas de lobo.
 
Na rua tem dois PV´s, um em cada lado das aduelas instaladas, mas uma delas foi danificada com a passagem de patrols e danificou um dos PV´s, isto causou a queda de detritos dentro do Poço de Visita e exigiu a limpeza e troca de uma extensão da tubulação de esgoto.
 
 

Comissário visita locais que aguardavam finalização de obra

 
O comissário geral da Agência Reguladora, Márcio Saito, esteve em dois locais que foram visitados na semana passada, na última quinta-feira (2), nesta segunda-feira (6) para conferir se já haviam sido finalizados. O primeiro foi na avenida João Arruda Brasil, próximo à esquina da rua Marcílio Dias. No local foi feita uma instalação de uma rede de água e hidrômetro, mas a calçada aguardava outra equipe para recuperar o local. 
 
O segundo foi na rua Pedro de Toledo, em frente ao número 1030. Na semana anterior, houve a instalação de um registro que necessitou de uma escavação no asfalto e também já foi recuperada.
Confira as fotos do antes e depois do lugares, fotografados ambos no dia 2 de julho e depois no dia 6. 

Agência Reguladora visita obra de setorização

O comissário geral da Agência Reguladora, Márcio Saito, visitou na manhã desta segunda-feira (6) a manutenção programada da obra de instalação de um conjunto de registros e válvula controladora de pressão na rede de distribuição de água na rua Vicente  de Carvalho esquina com a rua Sílvio José Venturolli no bairro Umuarama.
 
 
A instalação requer uma estrutura de alvenaria que abrigará o conjunto e terá uma tampa para permitir o acesso à câmara para futuras regulagens/manutenções.
 
O trabalho no local iniciou às 8h com previsão de término às 16h. Devido a esta invervenção os bairros Vicente Grosso, Umuarama e residencial Florença poderão apresentar interferência no fornecimento de água, principalmente nas economias que não possuem caixa de água para manter reserva de água. 
 
 
 

AGRF publica resolução que prorroga suspensão de corte de água

 

A Agência Reguladora publicou a Resolução nº 005/2020, que prorroga por mais 30 dias a suspensão do corte do fornecimento de água por inadimplência, no último dia primeiro do mês. A agência considera inapropriado permitir o corte de água em um momento de agravamento da pandemia do novo coronavírus.

A região de Araçatuba voltou para a fase vermelha do plano São Paulo devido ao aumento de casos da doença em algumas cidades da região, que ocasionou na redução da disponibilidade de leitos de enfermaria e UTI para pacientes infectados ou com outras enfermidades.

Em todo o caso, a AGRF-DAEA recomenda para todos que possuem débitos pendentes que procurem atendimento da concessionária para negociar o mais rápido possível a quitação das dívidas. Essas ainda podem causar multas, juros e negativação de crédito do devedor.

Confira a resolução no link: https://www.daea.com.br/prestacao/47-resolu-o-005-2020 

Manutenção Programada

A GS Inima Samar estará realizando na manhã desta segunda-feira (6) uma obra para a instalação de válvula redutora de pressão em rede de água na rua Vicente de Carvalho, cruzamento com a rua Silvio José Venturolli. A obra é uma manutenção programada agendada para às 8h até as 16h desta segunda. 

 

Por este motivo, os bairros Vicente Grosso, Residencial Florença e Umuarama poderão apresentar interferência no abastecimento durante a obra.

 

Atenção!

Os imóveis que possuem caixa d’água não sentirão os efeitos da paralisação. A SAMAR pede que os moradores utilizem a água de seus reservatórios sem desperdícios. A caixa d’água deve ter capacidade equivalente ao consumo de pelo menos 24 horas, de acordo com as normas técnicas vigentes.

 

 

 

 

 

pt_BRPortuguese